Boca de siri

*Sequências de fotos no fim da publicação.

HKGT9745

Recentemente, dois fatos me levaram a refletir sobre as influências diretas que o compartilhamento de fotos e informações sobre as condições do mar exerce no acúmulo de pessoas em um lugar com boas ondas.

No mês de maio tivemos uma “semanada” de boas condições de surf em Florianópolis. Foram dias épicos nos quais nem a temporada de pesca da tainha pôde impedir a felicidade de quem gosta de pegar onda. Em um desses dias havia me planejado para surfar à tarde em um lugar mais distante do centro da cidade e depois de atender alguns compromissos profissionais. Mesmo que a condição estivesse ruim já estava decidido que iria, pois com viagem marcada imaginei ser uma boa oportunidade de me preparar para o que encontraria na Indonésia nas semanas à seguir.

Para minha grata surpresa, por volta das 7h da manhã recebi de um amigo fotos de altas ondas do lugar que visitaria naquela tarde. Logo à seguir vi as mesmas imagens em um grupo do whatsapp. Li burburinhos à respeito em outros grupos. Conversei com este amigo sobre as condições, ele tinha que trabalhar e perderia aquele dia mágico, mas me desejou com alegria que eu me divertisse e aproveitasse a oportunidade. Logo depois saiu de um dos grupos e me falou que achava que tinha vacilado em compartilhar as fotos que recebeu com outras pessoas. Fui, realmente tava alucinante e o crowd normal para o lugar. Os mesmos atirados de sempre.

À seguir, parti para uma breve temporada nas míticas ondas Indonésias. Tive o privilégio de vivenciar experiências incríveis com pessoas especiais. Desta vez, focado em pegar ondas e filmar um curta metragem relacionado ao surf e as viagens. Lá, percebi que vivo um paradoxo. Acontece que para contar com o apoio de marcas relacionadas ao esporte produzo conteúdo e material sobre os mares e lugares que tenho a bênção de desfrutar. Até aí tudo ótimo, pois acredito que as fotos, matérias e vídeos sobre o bodyboarding são importantes para o desenvolvimento da modalidade. Porém, quando expomos um lugar e suas condições ideais corremos o risco de trazer o crowd. Considerando a promoção de passagens aéreas que possibilitou a visita de muitos brasileiros ao arquipélago Indonésio este ano, este risco se multiplica!

Bom, numa das barcas da trip atrás de ondas, um amigo fotógrafo e residente em Bali sugeriu que fossemos produzir material em um lugar conhecido de todos, porém um tanto esquecido pela galera. A condição imposta por ele: “te levo lá, filmamos, produzimos material, mas deixamos quieta a localização do pico.” Concordei. Resultado: dias seguidos da mais pura magia Indonésia com meia dúzia de pessoas sorrindo e se respeitando dentro da água. Diria até que vivemos uma alucinação coletiva!

Durante aqueles dias relembrei a importância de aproveitar um lugar sem expor de maneira agressiva suas potencialidades e sem deixar de realizar meu trabalho. Refleti bastante a respeito da educação dentro da água e da falta que ela faz quando pessoas, ou grupos delas, esquecem que compartilhar a alegria de um bom dia de surf traz mais felicidade que o egoísmo na apropriação de uma onda ou de um lugar. Espero que possamos perpetuar com responsabilidade aqueles sorrisos, braços levantados para quem vem na onda de trás, gargalhadas e brilhos nos olhos. Que a satisfação contagiante de um bom dia de ondas perfeitas possa ser vivenciada por muitos de nós e por muito tempo ainda!

Abraço.

Fotos desta publicação: Zécops, Bruna Pereira, Ombak Surf Photos.

André_Carvalho_Sumbawa_1.1_Foto_Bruna_Pereira

André_Carvalho_Sumbawa_1.2_Foto_Bruna_Pereira

André_Carvalho_Sumbawa_1.3_Foto_Bruna_Pereira

André_Carvalho_Sumbawa_1.4_Foto_Bruna_Pereira

André_Carvalho_Sumbawa_1.5_Foto_Bruna_Pereira

André_Carvalho_Sumbawa_1.6_Foto_Bruna_Pereira

André_Carvalho_Sumbawa_1.7_Foto_Bruna_Pereira

André_Carvalho_Sumbawa_2_Foto_Bruna_Pereira
André_Carvalho_Sumbawa_4.1_Foto_Bruna_Pereira

André_Carvalho_Sumbawa_4.2_Foto_Bruna_Pereira

André_Carvalho_Sumbawa_4.3_Foto_Bruna_Pereira

André_Carvalho_Sumbawa_4.4_Foto_Bruna_Pereira

André_Carvalho_Sumbawa_5_Foto_Bruna_Pereira

André_Carvalho_Sumbawa_6.1_Foto_Bruna_Pereira

André_Carvalho_Sumbawa_6.2_Foto_Bruna_Pereira

André_Carvalho_Sumbawa_6.3_Foto_Bruna_Pereira

André_Carvalho_Sumbawa_6.4_Foto_Bruna_Pereira

André_Carvalho_Sumbawa_6.5_Foto_Bruna_Pereira

André_Carvalho_Sumbawa_7.1_Foto_Bruna_Pereira

André_Carvalho_Sumbawa_7.2_Foto_Bruna_Pereira

André_Carvalho_Sumbawa_7.3_Foto_Bruna_Pereira

André_Carvalho_Sumbawa_7.4_Foto_Bruna_Pereira

André_Carvalho_Sumbawa_7.5_Foto_Bruna_Pereira

André_Carvalho_Sumbawa_7.6_Foto_Bruna_Pereira

André_Carvalho_Sumbawa_7.7_Foto_Bruna_Pereira

André_Carvalho_Sumbawa_8_Foto_Bruna_Pereira

André_Carvalho_Sumbawa_9.1_Foto_Bruna_Pereira

André_Carvalho_Sumbawa_9.2_Foto_Bruna_Pereira

André_Carvalho_Sumbawa_9.3_Foto_Bruna_Pereira

Sumbawa_sonhos_5.2_OmbakSurfPhotos